Quero seguir esse blog!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Pano de fundo


Olhem aqui da janela o mundo lá fora!
Que lugar é esse?
Eu não o pintaria assim.
Ouçam que estranho o que os mais velhos estão dizendo.
Guerras, destruição da natureza, conflitos religiosos.
O mundo parece um lugar estranho.
Quanto concreto!
Noticia ruins todo o tempo!
Muita gente desatinada!
Senta aí, menina,
Vou te contar histórias de abismo!
Onde vive um poeta cercado
Por pedras e pessoas frias, de concreto.
Indiferentes.
A morte de pano de fundo.
Mas o sol nasce todos os dias
Irmãos, vamos orar, amém!
Oras!

Miguel Angelo Barbosa

Obs: Do sobrado da Floriano Peixoto avistava-se predios, telhados, ruas distantes, igrejas e o ceu

Nenhum comentário:

Postar um comentário