Quero seguir esse blog!

domingo, 21 de junho de 2009

Comentários de Waldomiro Sant'anna - ano 2000

MlGUEL ANGELO
Em 1938, comentando o Salão de Maio, Mário de Andrade afirmava: "A inflação do individualismo, a inflação da estética experimental, a inflação do psicologismo, desnortearam o verdadeiro objetivo da Arte. Hoje o objetivo da Arte não é mais a obra de arte, mas o artista. E não poderá haver maior engano."
Refletindo sobre a contemporaneidade deste texto e nas artes plásticas praticadas em nossa região, percebe-se que os artistas na sua grande maioria pouco se preocupam com a obra em sí, pouco pesquisam, pouco produzem, mas são generosos críticos de seu próprio trabalho, mais das vezes, feitos com pressa para satisfazer sucessivos eventos. Miguel Angelo não é assim, não desnorteou o rumo de sua arte, desde que o conheço, há duas décadas, sempre executou e pensou a Arte. A maneira honesta de trabalhar faz com que sua obra tenha uma aura de seriedade e confiabilidade, além do grande valor estético, imaginativo, contemporâneo e original.

Nenhum comentário:

Postar um comentário